Patrimônio da Reserva Biológica do Alto da Serra de Paranapiacaba – A Antiga Estação Biológica do Alto da Serra

Destaque Lançamento

Disponibilidade: Disponível em 25 dias úteis

Carregando...
Simulador de Frete
- Calcular frete

Completa 100 anos a Reserva Biológica do Alto da Serra de Paranapiacaba, área doada por Hermann Friedrich Albrecht von Ihering e pela São Paulo Railway Company em 1909 e ampliada por compra feita pela Fazenda do Estado em 1912 e 1926.
Local freqüentado pelos índios Guainazes, Tupiniquins e Tamoios, seu nome significa “lugar de onde se avista o mar”. Faz parte da história do Brasil, tendo trilhas percorridas por Dom Pedro I.
A Comissão Geográfica e Geológica entre 1886 e 1914 nela coletou dados geológicos, geomorfológicos, climáticos, botânicos e edáficos, considerados importantes marcos da pesquisa no Estado de São Paulo. A partir daí, foi foco da atenção de centenas de cientistas brasileiros e estrangeiros encantados com a riqueza da flora e fauna.
Neste século de existência, a Reserva Biológica de Paranapiacaba recebeu visitantes ilustres como Washington Luis, Presidente do Estado de São Paulo, em 1922, em 1926 Marie Skolodowska-Curie, prêmio Nobel de Física e Química e a artista Margaret Mee em 1955.
Floresta exuberante da Mata Atlântica, a Reserva ainda possui rica biodiversidade associada a paisagens fantásticas. Foi tombada em 1985 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo.
Este livro reúne o conhecimento acumulado e desenvolvido na Reserva Biológica com estudos de 77 especialistas da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Universidades brasileiras e estrangeiras. Certamente seu conteúdo valoriza esse maravilhoso patrimônio ambiental e histórico de nosso país.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos